Será que a Jiboia é perigosa? Será que ela pode se tornar um pet?

Conheça as curiosidades desse Pet!

A Jiboia

Jiboia – Definitivamente quando falamos dessa cobra não estamos falando de uma cobra venenosa, no entanto, ela é uma Boa constritora. Quer saber mais sobre esse animal?

Jiboias são caçadores naturais. Graças a seu corpo musculoso e também forte, ela o usa para capturar e matar suas presas, através da constrição.

Além disso, sua boca se dilata com muita facilidade para abocanhar sua comida.

Certamente esse é um animal que pode causar temor e pânico em algumas pessoas, entretanto, outros podem ter por objetivo mantê-lo como bicho de estimação.

Aproveite e clique em inscrever-se em nosso canal no YouTube, acesse aqui.

Enfim, vamos falar muitas coisas sobre jiboias neste texto. Acompanhe nos seguintes tópicos:

  1. Características do habitat da Jiboia
  2. Jiboias são animais que chegam a tamanhos surpreendentes
  3. Comportamento e temperamento
  4. Jiboias mordem?
  5. Cuidando de uma Jiboia
  6. Como deve ser o cativeiro da sua Jiboia
  7. Umidade e temperatura para cativeiros de jiboias
  8. Qual é a dieta de uma Jiboia?

Características do habitat da Jiboia

A jiboia é encontrada principalmente em algumas partes da América Central e em grande parte da América do Sul, assim como em muitas ilhas ao largo da costa.

Existem pequenas populações que vivem nas zonas rurais do extremo sul da Flórida, apresentadas como animais de estimação descartados.

Embora as jiboias possam prosperar em uma variedade de ambientes (desde a floresta tropical até regiões quase desérticas), eles preferem a floresta tropical.

Pois, lá a umidade e a temperatura são mais adequadas para sua sobrevivência.

A floresta tropical fornece uma grande quantidade de cobertura para protegê-los de predadores naturais.

Além de oferecer-lhes uma quantidade quase ilimitada de presas disponíveis.

Jiboias não apenas habitam e se movem por entre as árvores, mas também nadam muito bem e costumam ser encontrados perto de rios.

Jiboias são animais que chegam a tamanhos surpreendentes

As fêmeas têm em média entre 2 e 3 metros e meio, enquanto os machos geralmente são um pouco menores, de 1,8 a 2,4 metros.

Em cativeiro, as fêmeas podem regularmente exceder a 3 metros, crescendo potencialmente até 4.2 metros de comprimento!

Uma jiboia adulta pode pesar facilmente 27 quilos, no entanto, algo entre 9 e 13 quilos são muito mais comuns.

Então se você pensar em trazer uma jiboia para viver em sua casa, saiba ainda que em cativeiro ela chega a viver 30 anos.

A pergunta que não quer calar: É difícil cuidar de uma Jiboia?

De fato, não! Elas são excelentes animais de estimação, mesmo tão excêntricas e exóticas.

Apesar de seu grande tamanho, mesmo os criadores de répteis novatos têm sucesso e pouca dificuldade em criá-las.

Porque, o maior cuidado é em alimentá-la, respeitando seu espaço.

Comportamento e temperamento

Jiboias são animais solitários que, embora noturnos, se aquecem ao sol durante o dia, especialmente quando as temperaturas noturnas são baixas demais para seu gosto.

Quando novas, elas são cobras arbóreas.

Mas à medida que crescem, os adultos tendem a ser muito mais terrestres e preferem ficar no solo à medida que vão ficando mais compridas e pesadas.

Elas são normalmente cobras ativas e alertas.

Podem sibilar ou morder, caso se sentiam ameaçados, mas o manuseio consistente geralmente os torna domados e não tão defensivos.

É importante saber como segurar para que ela se sinta protegida.

Então, uma das mãos deve estar sob o corpo, perto da cabeça, e a outra, sob a metade posterior do corpo.

A jiboia pode se enrolar frouxamente em torno de você para aumentar o suporte, mas normalmente não se contrai.

A menos que pareça alarmada ou como se estivesse caindo.

Jiboias mordem?

Na verdade, qualquer coisa com uma boca pode (e provavelmente irá) morder você.

Dito isso, uma mordida de uma jiboia provavelmente não lhe causará nenhum dano sério.

A mordida de uma jiboia adulta pode doer e certamente fará você sangrar.

A melhor coisa que você pode fazer com sua jiboia de estimação é aclimatá-la e domesticá-la enquanto é jovem para evitar ser mordido.

Se ela morder, certifique-se de limpar bem a área com água e sabão e cubra a área com um curativo pequeno.

Cuidando de uma Jiboia

Como com qualquer animal, o contato inicial deve ser lento e constante, e a confiança é desenvolvida ao longo de um tempo.

Lidando suavemente com a cobra por alguns minutos diariamente.

Você não deve manusear sua cobra após ela ter consumido uma refeição, por exemplo.

Esperar alguns dias após ter comido ajudará a garantir que não estressará sua cobra e fará com que regurgite sua refeição.

Como deve ser o cativeiro da sua Jiboia

Uma serpente adulta vai precisar, no mínimo, de um cativeiro de 120 por 60 cm. No entanto, este é o mínimo. Por isso o ideal é que seja maior.

Alguns criadores mantêm suas jiboias em um sistema de prateleiras.

Uma vantagem é que ele permite que os criadores alojem um grande número de cobras e facilita a limpeza e manutenção do terrário.

Compartimentos maiores são muito bons tanto para você quanto para sua serpente.

No entanto, lembre-se de que gabinetes maiores precisam ser mantidos limpos.

A limpeza e o bem-estar da jiboia SEMPRE precisam estar em primeiro lugar. Lembre-se disso!

Outros detalhes importantes para cuidar de serpentes ainda são:

Umidade e temperatura para cativeiros de jiboias

Para manter a umidade, entre 60% e 70%, pode ser necessário borrifar ocasionalmente o abrigo da serpente.

A umidade também será aumentada dependendo da facilidade com que o substrato a retém ou mantendo um reservatório de água no cativeiro

Usar um hidrômetro vai facilitar o trabalho de manter os níveis de umidade adequados. Felizmente, eles são baratos e prontamente disponíveis.

Além disso, o substrato para cativeiro, que tem como objetivo principal fornecer uma superfície para a cobra viver com higiene deve ser providenciado.

Neste caso, substratos como casca de orquídea, ou mesmo algo tão simples como jornal ou toalhas de papel podem funcionar muito bem!

Nunca use substratos que contenham cedro, pois é mortal para os répteis.

Lembrando que serpentes comuns exigem uma temperatura diurna de 31 °C.

A melhor maneira de conseguir isso é usar um emissor de calor de cerâmica em um lado do invólucro sendo controlado por um termostato.

Isso manterá as temperaturas estáveis ​​ao longo do dia e da noite, enquanto cria um ligeiro gradiente de temperatura no gabinete.

Se uma cerâmica for usada como única fonte de calor, é aconselhável usar luzes LED para iluminar o gabinete por 10 horas consecutivas diariamente.

Qual é a dieta de uma Jiboia?

A dieta de jiboias consiste em ratos, camundongos e coelhos descongelados e congelados.

Quando jovem, essa cobra come ratos congelados uma vez na semana.

O tamanho da presa aumenta à medida que a jiboia fica maior, passando de camundongos pequenos para maiores e, eventualmente, um pequeno coelho.

Quando totalmente crescida, a cobra só precisa ser alimentada com uma grande refeição uma vez a cada 20 dias em média.

A água deve estar sempre disponível para beber e tomar banho.

Aconselhamos providenciar uma tigela grande o suficiente para a cobra submergir na extremidade fria do viveiro.

Salientamos que ela deve ser trocada diariamente para garantir que permaneça fresca.

Vimos aqui, que jiboias são incríveis. Elas podem se tornar animais de estimação porque isso é permitido aqui no Brasil.

Visite nossa Lojinha, lá temos os melhores produtos para o seu Pet. Afinal, eles são muito especiais e sempre merecem um presentinho!

Saiba mais sobre outros animais exóticos, veja aqui.

Aproveite e nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre essas fofurinhas: Facebook e Instagram.

Então se você achou interessante tudo o que falamos aqui sobre jiboias, não deixe de compartilhar este texto!

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade