Curiosidades e detalhes sobre como cuidar do Gato Ragdoll

Conheça as curiosidades desse Pet!

O Gato Ragdoll

Gato Ragdoll – Ele é grande, é lindo e certamente o amigo perfeito para quem busca por um pet fiel. Já imaginou levar para casa um Ragdoll?

O Ragdoll é um gato de porte grande e se assemelha ao Angorá em tamanho.

Sua aparência é um fascínio, igualmente sua perseverança em agradar seu dono.

No entanto, é um gato que precisa atenção mais específicas em relação a sua saúde e dieta.

Há muitas coisas sobre o Ragdoll que você precisa saber antes de levar um para sua casa e é por isso que preparamos este texto.

Aproveite e clique em inscrever-se em nosso canal no YouTube, acesse aqui.

Ele está dividido em tópicos para tornar a leitura mais didática. Os quais são:

  1. Um resumo da história do Gato Ragdoll
  2. O Gato Ragdoll é um gato pesado
  3. Como é a aparência da raça Ragdoll
  4. O que saber para cuidar do Gato Ragdoll
  5. Problemas de saúde mais comuns no Gato Ragdoll
  6. Temperamento e personalidade do Gato Ragdoll

Um resumo da história do Gato Ragdoll

Em síntese, essa foi uma raça quase acidental. Na família das raças de gatos, os Ragdolls estão entre os irmãos mais novos.

Eles foram criados na década de 60 (não existem há muito tempo), por uma mulher chamada Ann Baker. Ela tinha uma gata persa: Josephine.

Josephine deu à luz a ninhadas com filhotes muito diferentes entre si, afinal eram pais diferentes.

Entretanto, em uma mesma ninhada também haviam pais diferentes. Essa era especial para sua dona porque eles eram gentis e afetuosos.

Esse fato se repetiu e então a tutora se deu conta que estava diante da possibilidade de uma nova raça de gatos. E assim nasceram os Ragdolls.

Então, Baker procura por gatos pretendentes com personalidades gentis e plácidas, maiores em tamanho em pelos mais longos, para procriação.

Esses comportamentos foram encontrados em gatos siameses.

No entanto, persas, birmaneses e birmaneses também podem ter contribuído para o seu desenvolvimento.

Por fim, a raça foi registrada em 1971 e havia restrições sobre como eles deveriam ser criados e vendidos.

O Gato Ragdoll é um gato pesado

As fêmeas geralmente pesam entre 3 e 6 quilos, enquanto os machos podem pesar entre 5 e 9 quilos.

Ragdolls geralmente passam por vários surtos de crescimento à medida que amadurecem.

Isso pode continuar, inclusive, até que o gato tenha quatro anos.

Até ter certeza de que eles atingiram seu tamanho maduro, certifique-se de que eles sempre tenham comida suficiente para alimentar seu crescimento.

Como é a aparência da raça Ragdoll

Como características do gato Ragdoll, eles são considerados uma das maiores raças de gatos domesticados.

Outra peculiaridade distintiva são seus olhos azuis.

Se você tem um gato que se parece com eles, mas seus olhos são verdes ou amarelos, você não tem um gato desta raça.

Os gatinhos nascem brancos; eles começam a desenvolver a cor em 8–10 semanas e plena cor e pelagem em 3–4 anos.

Isso significa que você pode ter um gatinho e não saber realmente a cor que ele terá, mas por muitos anos.

O que saber para cuidar do Gato Ragdoll

Basicamente, o Ragdoll é um gato peludo, com pelos longos e com algum subpelo, ou seja, precisam ser escovados e escovados.

É ideal pentear seu gato uma ou duas vezes por semana com uma escova grande para evitar que ele se desprenda ou se emaranhe.

Com base em seu comportamento, os gatos Ragdoll geralmente adoram ser escovados e a atenção que recebem durante o tempo de escovação.

Apenas se certifique de ser gentil e não puxe o pelo acidentalmente.

Como acontece com todos os gatos de pelo comprido, você deve garantir que sua cauda permaneça limpa. Geralmente, eles costumam ser bons em se limpar.

No entanto, se você notar que a pelagem deles está oleosa, dê-lhes um banho.

Por último, você quer ter certeza de manter a caixa de areia limpa o tempo todo.

A maioria dos gatos é muito exigente com relação às caixas sanitárias, especialmente as raças de gatos Ragdoll.

Problemas de saúde mais comuns no Gato Ragdoll

Agora, a parte não tão divertida das descrições da raça.

Espero que nada disso aconteça, mas é sempre bom estar preparado.

O maior problema de saúde associado aos Ragdolls é a insuficiência renal e do trato urinário.

Os outros dois problemas de saúde que tendem a acompanhar esta raça são a endogamia e a cardiomiopatia hipertrófica.

A cardiomiopatia hipertrófica (CMH) é uma doença cardíaca comum em todos os gatos e é mais comumente de causa genética.

Em síntese, a maior parte da causa desses problemas de saúde é baseada no pequeno número de gatos básicos.

Isso faz com que os problemas genéticos sejam transmitidos de geração em geração.

Em raças de gatos vira-latas, esses problemas geralmente são eliminados à medida que outra genética é introduzida.

Sendo assim, como em qualquer raça de raça pura, os problemas de saúde tendem a ser um pouco maiores do que em raças mistas.

Sobre a expectativa de vida, assim como siameses, tendem a ter a menor taxa de sobrevivência e uma das idades mais curtas.

Em suma, os gatos Ragdoll médios vivem entre 12 a 15 anos.

Temperamento e personalidade do Gato Ragdoll

O Ragdoll é conhecido por ter uma natureza dócil e calma.

Eles também ficam “moles” quando são pegos, o que os torna mais fáceis de carregar e manusear do que muitas outras raças de gatos.

Logo, como gato doméstico, essa natureza é extremamente benéfica para seus proprietários.

Ragdolls também são conhecidos por serem quase “caninos” em seu comportamento.

Ao contrário de muitos gatos, são notáveis ​​por desabar nos braços de qualquer um que os segure, mesmo que estejam aninhados nas costas.

A palavra mais usada para descrevê-los é dócil, mas isso não significa que sejam inativos.

No entanto, aprendem a vir quando chamados ou a recuperar os brinquedos que são jogados para eles.

Use o reforço positivo na forma de elogios e recompensas alimentares quando fazem algo de que você gosta.

Desta forma, eles aprendem rapidamente truques, bem como bons comportamentos, como usar um poste para arranhar.

Lembrando que sua natureza doce não os torna os melhores gatos para ficar ao ar livre.

Esses gatos são menos propensos a se protegerem de predadores e podem correr grande perigo se deixados sem abrigo e cuidados adequados.

Enfim, se você procura por um pet companheiro, certamente o gato Ragdoll é recomendado.

E como vimos aqui, eles precisam de cuidados para uma vida com saúde e longínqua.

Visite nossa Lojinha, lá temos os melhores produtos para o seu Pet. Afinal, eles são muito especiais e sempre merecem um presentinho!

Saiba mais sobre outros gatos, veja aqui.

Aproveite e nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre essas fofurinhas: Facebook e Instagram.

Você gostou do conteúdo? Ele ajudou você? Então compartilhe!

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade