Pug é um cão adorável e que está em nossos corações

Conheça as curiosidades desse pet!

O Pug

Pug – Provavelmente um dos cães de companhia mais queridos da atualidade. Serão seus olhos? Ou sua alma, que nos encanta? Acompanhe o texto para saber!

Certamente a mistura de seu temperamento maravilhoso e construção levemente cômica, torna-o divertido tanto de observar quanto de estar com ele.

No entanto, você descobrirá ser uma raça amorosa que é uma companheira fantástica e leal.

Veja esse vídeo do Pug:

Os proprietários de pug aproveitam cada segundo que passam com esta adorável raça.

De fato, essa raça evoluiu em termos genéticos ao longo dos últimos séculos.

Embora isso tenha lhe dado o charme adorável que pugs têm hoje, ela é propensa a alguns problemas médicos.

Contudo, os donos de cães responsáveis ​​serão rápidos em resolver essas questões e dar a seus cães uma vida feliz e confortável.

Aproveite e clique em inscrever-se em nosso canal no YouTube, acesse aqui.

Se bem cuidado! O Pug também dará ao seu dono uma vida feliz. Vamos conhecer mais sobre ele nos seguintes títulos:

  1. O Pug e sua história rica em detalhes
  2. Aparência e fisiologia únicas em cães pugs
  3. Saúde geral do cachorro Pug
  4. Melhores exercícios para se fazer com o Pug
  5. O Pug não é temperamental

O Pug e sua história rica em detalhes

Embora os sejam agora muito queridos em todo o mundo, eles, na verdade, são originários da China.

Ao contrário de muitas outras raças pequenas, eles foram criados especificamente para serem cães de companhia desde a Dinastia Song.

Isso no século 12. E então foram trazidos para a Europa no século 16.

De fato, pugs não foram criados para caçar ou pela sua destreza.

Mas sim, foram criados apenas por seu temperamento plácido e pelo fato de serem adoráveis.

O ancestral do pug é o antigo cão Molossus, que agora está extinto.

Como este cão foi criado na Grécia Antiga, ele é prova do comércio regular de cães entre a China Antiga e o Mundo Helênico.

No entanto, o Pug e seus primos europeus seguiram direções bem diferentes, o que é óbvio desde o início.

Outro descendente do cão Molossus é o São Bernardo, para lhe dar um exemplo.

O único cão semelhante na aparência é o Mastiff Inglês, devido à sua cor, mas ainda tem cerca de dez vezes o seu peso.

Ambos compartilham algumas características.

Mas como os pugs são muito mais adaptados para viver em ambientes fechados, eles geralmente são a escolha preferida dos donos modernos.

Aparência e fisiologia únicas em cães pugs

Esta raça é instantaneamente reconhecida, certo? Isso se deve especialmente por:

  • Sua estatura pequena e atarracada;
  • O formato de cabeça arredondado;
  • Cauda encaracolada.

E é claro, o mais peculiar, seu rosto enrugado e macio.

Essas características provavelmente ajudaram o pug a se tornar uma das raças de cães mais reconhecidas no mundo hoje.

Como os pugs foram criados para esses traços visuais específicos, parte de sua saúde foi comprometida por meio de cruzamentos excessivos.

Todo dono desta raça, deve, portanto, consultar seu veterinário para ter certeza de que seu amigo peludo continua com boa saúde.

Pois, geralmente não são tão ativos, especialmente à medida que envelhecem.

O macho adulto médio vai crescer até 30 centímetros de altura e pesar entre 6 e 8 quilos.

As fêmeas são ligeiramente menores, chegando a cerca de 25 centímetros.

No entanto, alguns pugs certamente serão menores ou maiores do que a média sem apresentar problemas médicos.

Como é o caso da maioria dos cães pequenos, os filhotes crescem relativamente rápido.

Saúde geral do cachorro Pug

Frequentemente, é enfatizado que os pugs sofrem de vários problemas médicos.

Isso porque a raça passou por muita seleção negativa, onde os exemplares foram selecionados apenas pela aparência, não pela saúde.

Por isso, são suscetíveis a problemas oculares, como entrópio, proptose e córneas facilmente arranháveis.

Além disso, tal como acontece com outras raças semelhantes, eles têm alguns problemas com a alimentação.

Pois se as mordidas forem muito grandes, ele ingerirá muito ar, o que pode resultar em problemas gástricos.

Embora os pugs lidem com o peso adicional com mais facilidade do que muitas outras raças, a obesidade pode ser um problema sério para eles.

Também, por terem vias aéreas compactas, os pugs às vezes têm problemas para regular sua temperatura.

Este problema, em combinação com sua pele grossa, pode se tornar sério se a temperatura corporal ultrapassar 42 °C.

De fato, isso também influencia para que esses cães levem uma vida sedentária.

Geralmente a raça não têm problemas com seu sistema digestivo, porém o formato de rosto pode trazer problemas.

Devido ao nariz achatado, eles geralmente consomem muito ar ao se alimentar, o que os leva a ter muitos gases.

Felizmente, usando os tipos corretos de alimentos, esse problema pode ser facilmente evitado.

Melhores exercícios para se fazer com o Pug

Relembrando: pugs não são cães ativos. Por isso, gostam de caminhadas leves que não durem muito e quando não está calor.

Ao contrário de muitos outros cães, eles se beneficiam de ficar em quartos com o ar-condicionado ligado, pois isso os refrescará.

Devido a essa falta de atividade, os pugs correm o risco de obesidade.

O excesso de peso é o principal problema para os pugs adoecerem e é algo com que o dono do cão deve se preocupar.

Sendo assim, mesmo com a pouca disponibilidade para se exercitar, você precisa insistir para que se movimente.

Então, ajude-o com jogos leves sem esperar muito, ou, por exemplo, que corram freneticamente atrás de uma bola.

E é claro, diante de qualquer sinal de calor que ela possa estar sentindo, procure imediatamente refrescá-lo com uma toalha úmida, por exemplo.

O Pug não é temperamental

Esta raça tem um carácter muito acolhedor e é muito calmo quando está com pessoas desconhecidas e outros animais.

Além disso, não tem problemas com crianças pequenas, o que é raro em cães pequenos, e são excepcionalmente bons para idosos.

Embora os pugs não sejam os mais inteligentes das raças caninas, eles são bastante espertos.

Eles foram criados para serem bons cães de companhia e são capazes de cumprir essa função sem problemas.

Por fim, saiba que o Pug adora o contato humano.

Então, para vê-lo feliz, tudo o que você precisa fazer é dar-lhe bastante atenção e ainda mais amor!

Visite nossa Lojinha, lá temos os melhores produtos para o seu Pet. Afinal, eles são muito especiais e sempre merecem um presentinho!

Saiba mais sobre outros cachorros, veja aqui.

Aproveite e nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre essas fofurinhas: Facebook, Instagram e YouTube.

E se este texto lhe ajudou a entender isso, além de saber mais sobre a raça, compartilhe agora mesmo para que mais pessoas conheçam os pugs!

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade