Saiba tudo sobre o pequeno e lindo peixe Tanictis

Conheça as curiosidades desse peixinho!

O Peixe Tanictis – Essa é certamente uma das espécies preferidas para embelezar aquários, afinal ele não requer cuidados mirabolantes e, além disso, é muito bonito. Saiba mais!

Você poderá encontrar muitos nomes para definir essa espécie, entre eles, Tanicts, Tanichthys albonubes, Chinese danio, White cloud e outros.

É um peixe peculiar, de água doce, que infelizmente já não é mais visto no seu local de origem na Província Guǎngdōng, mais ao sul da China.

Logo, a necessidade de introduzir novamente na natureza essa espécie, tornou-se prioridade em programas de realocação.

Em aquários, o Tanichthys albonubes se comporta muito bem, faz amizades e respeita as outras espécies.

Ele também é um peixe que apresenta diferenças entre macho e fêmea, graças ao dimorfismo sexual.

Essa particularidade o torna ainda mais incrível quando estão em pares, especialmente para o acasalamento.

Aproveite e clique em inscrever-se em nosso canal no YouTube, acesse aqui.

Enfim, temos muita coisa para falar sobre o Tanicts e faremos isso didaticamente nos seguintes títulos:

A origem cheia de misticismo do peixe Tanictis

Conforme a história, foi um escoteiro conhecido pelo nome de Tan Kan Fe, quem descobriu essa espécie na província costeira Guǎngdōng.

Essa província fica mais ao sul da China, e nas proximidades da Montanha Baiyunshan, também conhecida como “Montanha da Nuvem Branca”.

No entanto, como mencionamos, a espécie não se encontra mais lá. Inclusive, entre o ano de 1980 e até 2001, nenhum registro do Tanicts foi possível.

A ausência da espécie no local de origem, soou um alerta de que poderia estar extinto em seu habitat.

Felizmente, um punhado de populações remanescentes foram localizadas em pontos aleatórios das províncias Guangdong e Quang Ninh, que ficam a nordeste do Vietnã.

Além disso, uma população adicional foi descoberta em 2007, na Ilha de Hainan.

Trata-se de uma ilha mais afastada e separada de Guangdong pelo estreito de Qiongzhou.

Outros pontos identificados com cardumes de Tanictis, após realocação, podem ser encontrados na Colômbia, Austrália e Madagascar.

Quais as principais características do peixe Tanictis

Em síntese, o Tanichthys albonubes não é um peixe difícil de cuidar, afinal, ele é bastante resistente.

Logo, é certamente ideal para quem ainda não tem experiência em cuidar de peixes ornamentais.

De fato, é um peixe pequeno, chegando no máximo a 4 centímetros e possui uma expectativa de vida que pode ir de 3 a 5 anos.

Tem um corpo longilíneo, particularmente na parte inferior tem uma linha escura, e outra branca que acompanha o corpo.

A maior parte do corpo é translúcido, além de mandíbula pequena, dorso avermelhado e pode ter nadadeiras maiores ou uma cor mais amarelada.

Certamente é um belo peixinho para você ter em casa!

Principais detalhes para montar um aquário para a espécie

Assim como todo e qualquer peixe que você decidir manter em um aquário, organizá-lo adequadamente é a primeira tarefa.

Para essa espécie a decoração não é o fator principal, mas sim, o pH e a temperatura da água.

Sendo assim, mantenha o pH entre 6 e 8, enquanto a temperatura ideal para essa espécie é no mínimo de 7 e no máximo 21 °C.

Em relação à decoração do aquário, não fará muita diferença quais elementos você irá utilizar.

Embora o Tanictis tenda a mostrar uma melhor coloração em uma configuração feita com um substrato escuro.

A adição de algumas plantas flutuantes, raízes ou ramos de madeira que boiam também parece ser apreciada e adiciona um toque mais natural.

A filtração da água não precisa ser particularmente forte. Contudo, eles apreciam um certo grau de movimento da água.

Isso explicado, veremos a seguir como é o comportamento deste singelo e gracioso peixe.

Como se comporta o Tanictis em aquários

Certamente, mantendo uma boa temperatura no aquário, eles serão bem pacíficos.

De fato, é um peixe de cardume por natureza e, idealmente, um grupo de mais de 5 ou 10 espécimes deve ser adquirido.

Manter esses números não apenas deixará os indivíduos menos nervosos, mas resultará em uma exibição mais eficaz e natural.

Pois, os machos exibirão suas melhores cores enquanto competem pela atenção feminina.

Estes peixes são bastante territoriais. No entanto, apenas o serão com aqueles que possuírem um tamanho ou coloração aproximada.

Entretanto, é prudente evitar que peixes Tanicts ocupem o mesmo aquário com peixes grandes, pois isso os deixaria em risco de serem engolidos pelos maiores.

Como alimentar um peixe Tanicts

Análises do estômago de espécimes selvagens revelaram que ele é um micro predador que se alimenta de pequenos insetos, vermes, crustáceos, entre outros.

No entanto, em aquários você poderá alimentá-los também com facilidade.

Pois, por serem onívoros, se dão muito bem com as rações que você encontra em pet shop.

Atenção! É recomendável que as rações tenham por base Spirulina.

Além disso, é possível oferecer alguns alimentos que estejam vivos, desde que sejam de tamanho adequado.

Informações importantes sobre o adorável peixe Tanictis

Uma curiosidade sobre este peixe é o seu nome, pois ele vem de quem o descobriu, o escoteiro Tan Kan Fei.

De tal forma que o nome Tanictis significa “peixe de Tan”. Interessante, não?

Já sobre a reprodução desta espécie, ela ocorre entre 48 e 60 horas após a fêmea expelir os ovos.

Sendo necessário cuidados para os ovos não serem comidos pelos pais.

Recomenda-se retirar os pais do aquário deixando-o livre para que os filhotes se desenvolvam.

Para ter ideia da idade de cada peixe desta espécie, basta observar seu brilho. Pois, quanto mais brilhante mais jovem ele é.

De fato, o Tanictis é um peixe tradicional na aquariofilia. Mas é fato também que hoje em dia são geneticamente menos resistentes devido a cruzamentos consanguíneos.

Enfim, vimos aqui que o peixe Tanictis tem sua origem atribuída a China, no entanto, já não existe mais no local onde foi visto pela primeira vez.

Vimos também que ele é adaptável a vida em cativeiro e que devemos mantê-los com seus pares.

Além disso, falamos sobre sua dieta e cuidados. Você gostou do texto? Tem algo a acrescentar?

Saiba mais sobre outros peixes, veja aqui.

Aproveite e nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre essas fofurinhas: FacebookInstagram e YouTube.

Sinta-se à vontade e é claro compartilhe o post com seus amigos e amigas!

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade