Conheça a história e saiba mais sobre a fofurice do Gato Persa

Conheça as curiosidades desse Pet!

Gato Persa

Gato Persa – um dos mais fofos e conhecidos em todo mundo! Vamos aprender coisas interessantíssimas sobre eles no texto de hoje. Ficou interessado?

É fato, o Persa tem um ar natural de realeza, você não acha?

Em síntese, não é um gasto que costuma arranhar sem motivos.

Veja esse vídeo do Gato Persa:

Mas isso não significa que não ficarão irritados quando incomodados por crianças barulhentas ou outros animais de estimação.

No entanto, quem tratar essa raça com dignidade e gentileza, terá de fato um gato afetuoso.

Que gosta de um bom carinho, ou até mesmo de uma escova no pelo.

Enfim, mesmo não solicitando atenção o tempo todo, ele é afetuoso ao seu dono ou tutor, portanto, uma boa companhia.

Aproveite e clique em inscrever-se em nosso canal no YouTube, acesse aqui.

Tem curiosidade sobre essa raça de gato? Então leia atentamente este texto através dos seguintes tópicos:

  1. De onde surgiu o gato Persa?
  2. Como cuidar de um Gato Persa
  3. Característica principal do gato Persa
  4. Mantenha eles em casa
  5. Dieta e nutrição do gato Persa
  6. O que ficar de olho para cuidar da saúde de seu gato Persa

De onde surgiu o gato Persa?

O Persa é uma raça ancestral de gatos e, como acontece com outras raças antigas, sua história é um pouco nebulosa.

Entretanto, gatos de pelo comprido estiveram na Itália em 1500. Esses gatos foram importados da Ásia.

No século 17, Pietro Della Valle trouxe um gato da Pérsia para a Itália, com o objetivo de adicionar ao programa de criação.

Conforme sabemos, esse gato pode muito bem ter sido conhecido na Pérsia como Gato da Areia, ou seja, um gato que vivia no deserto.

Este Gato da Areia tinha um pelo grosso, para protegê-lo do meio ambiente e permitir que ele vivesse na areia.

No entanto, cerca de cem anos depois, Nicolas de Pereisc adquiriu alguns gatos de pelo comprido.

Esses gatos vieram da Turquia, que também é o lar do angorá turco, uma raça diferente de gato de pelo comprido.

No século XIX, os descendentes desses gatos turcos foram cruzados com alguns dos gatos da Itália, e esse foi o início do persa moderno.

Embora esta raça seja antiga, também é feita pelo homem.

A popularidade do persa aumentou quando a rainha Vitória e outros membros da realeza se apaixonaram por esta raça impressionante.

Como cuidar de um Gato Persa

Devido seus pelos longos, não deve ser surpresa que os gatos persas exijam uma boa quantidade de cuidados regulares.

Sem isso, eles podem rapidamente ficar emaranhados e emaranhados, o que pode ser doloroso.

Recomenda-se que os persas sejam escovados uma vez ao dia e recebam banhos mensais para ajudá-los a manter o brilho e a maciez.

Enquanto isso, os olhos também devem ser limpos diariamente para evitar manchas por excesso de água.

Como acontece com todos os gatos, a higiene dental regular deve ser observada na forma de escovação diária ou semanal.

Além disso, também são necessários cortes de unhas regulares.

Geralmente, os Persas são considerados animais de estimação de alta manutenção quando se trata de cuidados de higiene.

Como seus pelos não liberam naturalmente sujeira e outros detritos, cabe a seus donos garantir que eles permaneçam macios e limpos.

Os persas preferem ser mantidos em ambientes organizados, por isso também é importante limpar sua caixa de areia diariamente.

Característica principal do gato Persa

Certamente, os gatos Persas não são as raças de gatos mais enérgicas ou brincalhonas.

Um persa prefere encontrar um bom lugar quente para relaxar. No entanto, às vezes, pode obter uma explosão incomum de energia.

Mas geralmente é seguida por uma longa soneca com relativamente nenhuma atividade.

Esta raça aprende mais devagar e não é considerada muito ‘treinável’, ou seja, prefere assistir a participar das atividades.

Ainda sobre as características do Persa temos que:

  • Podem chegar até 6 kg;
  • Sua estimativa de vida é de até 17 anos;
  • A altura do bichano pode variar de 20 até 25 cm.


Veja agora algumas dicas importantes para cuidar de um Persa. Acompanhe!

Mantenha eles em casa

Todos os gatos devem ser mantidos em casa conforme recomendação da Sociedade Americana para Prevenção de Crueldade a Animais (ASPCA).

Isso ajuda a protegê-los de contrair parasitas como vermes, também de terem contato com doenças contagiosas.

No entanto, protegendo-os evitará que outros animais o machuquem.

Pois, os persas, em particular, podem se machucar em uma briga com outro animal.

Seus cabelos longos também podem acabar acumulando sujeira, folhas e pequenos galhos.

Dieta e nutrição do gato Persa

Os gatos Persas tendem a ser comedores exigentes, mas comerão bem quando encontrarem algo que gostem.

A alimentação deve ser rica em proteínas, fibras, e pobre em gordura e pode ser úmida, seca, crua ou uma mistura de dois ou mais tipos.

Como os gatos persas não são particularmente energéticos, tome cuidado para não os alimentar demais.

Pois, sua inatividade pode levar ao ganho de peso e obesidade.

Mantenha uma alimentação fixa em quantidades boas duas vezes ao dia.

Em vez de deixar comida fora o tempo todo para limitar o excesso de comida.

No entanto, devido a sua face achatada, alguns gatos persas podem ter dificuldade em comer alimentos de certas formas ou tamanhos.

Logo, se um Persa não estiver comendo, pode ser necessário alterar a estrutura da comida.

O que ficar de olho para cuidar da saúde de seu gato Persa

Como todos os gatos de raça pura, os Persas são propensos a uma série de problemas de saúde.

Sobretudo, que são perpetuados por tendências de reprodução seletiva.

Muitos desses problemas estão diretamente relacionados à estrutura facial dos persas com pedigree.

Embora também possam apresentar problemas genéticos de saúde não relacionados às suas características físicas.

É importante ficar de olho nos persas para que qualquer problema de saúde seja detectado e tratado precocemente.

Problemas de saúde comuns a serem observados entre os gatos Persas incluem:

  • Obesidade;
  • Doenças dentárias;
  • Parasitas;
  • Problemas cardíacos;
  • Problemas no trato urinário;
  • Doença policística (dos rins);
  • Atrofia na retina;
  • Problemas respiratórios.

Por isso preste atenção para que seu garantir sua saúde.

Enfim, o gato Persa é doce e elegante, e certamente será uma ótima companhia!

Visite nossa Lojinha, lá temos os melhores produtos para o seu Pet. Afinal, eles são muito especiais e sempre merecem um presentinho!

Saiba mais sobre outros gatos, veja aqui.

Aproveite e nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre essas fofurinhas: Facebook, Instagram e YouTube.

E se você gostou deste texto, não deixe de compartilhar com mais pessoas que gostam ou que estão pensando em adotar um Persa.

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade