Conheça a beleza do Agapornis e o imenso carinho que entregam em suas relações

Veja as curiosidades desse pet!

O Agapornis

Agapornis – Também chamados de pássaro-do-amor, é nativa da África e sua beleza deslumbrou a muitos. Vamos conhecer mais sobre eles neste texto. Confira!

Há pelo menos nove espécies deste gênero de aves, consideradas por muitos uma ave única em afetividade.

Justamente pelo comportamento amoroso com seus parceiros, humanos e outros animais, esses psitaciformes também são conhecidos como periquito-namorados.

Enfim, se quer alegria na sua vida e é claro apreciar um pássaro com cores incríveis, leve um Agapornis para sua casa.

Aproveite e clique em inscrever-se em nosso canal no YouTube, acesse aqui.

Mas ele ainda tem outras particularidades e nós vamos listar aqui. Acompanhe o texto nos seguintes tópicos:

  1. Características gerais do Agapornis
  2. Particularidades do Agapornis
  3. Personalidade e comportamento
  4. Como deve ser a gaiola para Agapornis?
  5. Quais são os cuidados para manter saudáveis os Agapornis

Características gerais do Agapornis

Em síntese, o pássaro-do-amor é uma ave que pertence à família dos papagaios, originária de diferentes partes do Continente Africano.

Seu nome deriva das palavras gregas ágape, que significa afeto e ornis, que significa pássaro, daí seu nome pássaro do amor.

Sua natureza sociável e inseparável faz com que, como casal, demonstrem muito amor juntos, se abraçando e se acariciando.

No total são nove espécies, entre as quais, a mais conhecida é o Roseicollis, que se caracteriza pelas penas do corpo na face verde e avermelhada.

Geralmente mede entre 15 e 17 cm e não apresenta anel ocular.

Outra espécie muito comum é o Agapornis Personata, que é um pouco menor e tem como característica principal um rosto moreno e um anel ocular branco.

Enquanto isso, o Agapornis lilianae é uma das menores, atingindo apenas 13 cm de altura.

Tem o rosto laranja e apresenta argolas brancas nos olhos.

Já o Agapornis Fischeri mede cerca de 14 cm e sua principal diferença é a cor vermelha do bico.

Em geral, todas as espécies apresentam cauda curta e uma plumagem muito colorida.

Particularidades incríveis do Agapornis

A principal característica do pássaro-do-amor é sua habilidade de se socializar tanto com humanos, quanto com outros pássaros, e com suas próprias espécies.

Além disso, costumam expressar seu humor com facilidade, sendo relativamente fácil de identificar quando estão calmos, chateados, felizes ou tristes.

A expectativa de vida é em torno de 12 anos, embora, dependendo da alimentação e dos cuidados recebidos, possam chegar aos 14 ou 15 anos.

Uma das dúvidas mais comuns é como saber se a ave é fêmea ou macho?

Uma maneira de descobrir é pelo tamanho.

Agapornis machos geralmente são menores que as fêmeas, principalmente devido ao esforço envolvido na postura dos ovos.

Além disso, os ossos da pelve da fêmea são mais separados do que os do macho, apresentando uma aparência mais arredondada.

É possível identificar diferenças também na cabeça, ou seja, a da fêmea é mais arredondada que a do macho.

Da mesma forma, o bico da fêmea de Agapornis é mais proeminente.

Quanto ao caráter, as fêmeas são mais territoriais e são muito mais agressivas com outras aves do que os machos.

Personalidade e comportamento do Agapornis

O pássaro-do-amor é pequeno, no entanto, é ousado, muito curioso e está sempre em movimento.

Muitas pessoas acreditam que eles vêm aos pares porque costumam ver fotos dos dois abraçados.

Sem dúvida, um Agapornis costuma formar um vínculo profundo com outro da sua espécie.

Os proprietários em potencial devem estar cientes, no entanto, de que um casal desta espécie pode escolher não interagir com as pessoas.

Pois, acredite, eles estarão totalmente focados um no outro.

Um único pássaro desta espécie, no entanto, precisa de muita interação social com as pessoas em sua vida.

Bem como muitos recursos em seu viveiro para se manter ocupado.

Então proporcione ao seu pássaro em cativeiro, brinquedos e itens seguros para mastigar e destruir.

Como deve ser a gaiola para Agapornis

Basicamente, aves em cativeiro necessitam de cuidados contínuos para sua saúde e felicidade.

O tamanho da gaiola, portanto, deve ser grande o suficiente para que a ave tenha a liberdade de voar e se mover com facilidade.

As dimensões ideais dependerão do número de aves, porém, é necessário saber que, para um casal, uma gaiola de 100x50x50 cm será suficiente.

Um ponto (chave) é evitar gaiolas redondas e dar preferência às gaiolas retangulares.

Isso porque eles precisam ter um ponto de referência para sentir uma maior tranquilidade e confiança.

Além disso, devemos ter atenção para que a distância entre as barras não seja superior a 1,5 cm, para evitar que a tua cabeça fique presa entre elas.

Recomenda-se a utilização de uma grade inferior nas gaiolas, para evitar que os pássaros comam alimentos que caíram e estão em contato com suas fezes.

Um jornal ou terreno especial para pássaros ajudará a facilitar a limpeza.

A limpeza de suas gaiolas é fundamental para sua tranquilidade, pois esses animais são muito limpos.

Sendo assim, a frequência da limpeza deve ser semanal, desinfetando-se a gaiola em sua totalidade.

O ideal é que seja feito com o auxílio de um pano umedecido em uma quantidade limitada de hipoclorito de sódio.

Após, enxágue com água corrente e deixe secar ao sol.

Quais são os cuidados para manter saudáveis os Agapornis

Agapornis são aves que precisam de uma temperatura entre 18° C e 25° C, por isso o ideal é que a gaiola fique protegida do calor e excesso de sol.

No entanto, isso vai depender da área em que se eleva, sempre evitando corredores e correntes de ar.

As paredes angulares costumam ser os locais ideais para a colocação das gaiolas, pois evitam rajadas de vento e dão uma sensação de segurança às aves.

Quanto à alimentação, devem ter uma alimentação balanceada, composta principalmente de rações, sementes de canário, carcaça, milheto, milheto branco e linhaça.

Outros compostos que incluem trigo sarraceno, aveia descascada e preta pode complementar sua dieta.

Além disso, morangos, maçãs, peras, folhas de alface e feijão verde podem ser incluídas nas porções picadas, embora com menos frequência.

Entre as doenças mais comuns que ocorrem, encontramos acariose respiratória, catarro, sintomas de asma.

Ou alguns que atacam o sistema digestivo, como enterite, colibacilose ou disenteria.

A falta de vitaminas produz a muda anômala, na qual as penas começam a cair ou ficam desorganizadas.

Enfim, Agapornis são simpáticos e delicados passarinhos que poderão ser seu futuro pet, que tal?

Visite nossa Lojinha, lá temos os melhores produtos para o seu Pet. Afinal, eles são muito especiais e sempre merecem um presentinho!

Saiba mais sobre outras aves, veja aqui.

Aproveite e nos acompanhe nas redes sociais para saber mais sobre essas fofurinhas: Facebook e Instagram.

E se este texto ajudou você a descobrir isso, compartilhe em sua rede social preferida!

Consulte também

Este site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade